Vinte Anos como Blogueiro (2002-2022)

Este ano de 2022 faz 20 anos que criei os meus primeiros blogs e os meus primeiros posts. Vinte anos de blogueiro. Custou para chegar lá (no início de 2002 eu tinha 58 anos e quase morri, com um enfarte, em 1.3.2002). Mas hoje, aos 78, não largo mais.  

Eu comecei mexer com coisas relacionadas com a Informática em 1980. Este ano está fazendo 42 anos. 

Eu havia me tornado Diretor da Faculdade de Educação em Abril de 1980. O primeiro projeto de pesquisa que assinei foi um pedido de financiamento para a FINEP para um projeto sobre o uso de computadores da Educação (na aprendizagem dos alunos, não no ensino dos professores), usando a linguagem LOGO, de autoria de Seymour Papert, já falecido, mas então um dos mais conhecidos nomes do Massachusetts Institute of Technology (MIT).  Os coordenadores eram os Professores Fernando Curado, do Departamento de Ciência da Computação do Instituto de Matemática, Estatística e Ciência da Computação, e Raymond Paul Shepard, do Departamento de Psicologia Educacional da Faculdade de Educação. Li o projeto, um catatau, e me interessei pelo assunto. Fui visitar o trabalho que vinha sendo feito pelas Professoras Maria Cecília Calani e Heloísa Vieira da Rocha (hoje, aposentada, morando em Marília, na região da Grande Lucélia, cidade em que nasci…) do Departamento de Ciência da Computação. O projeto era desenvolvido no Centro de Computação e eu pela primeira vez vi um computador de porte razoável, o DEC-10, da UNICAMP, “DEC” significando “Digital Equipment Corporation”.

No ano de 1981 e no ano seguinte de 1982 houve, no mês de Agosto, dois Encontros, chamados de I e II Seminários Nacionais de Informática na Educação, o de 1981 em Brasília, o de 1982 em Salvador, patrocinados pela Secretaria Especial de Informática (SEI), vinculada ao Conselho de Segurança Nacional da Presidência da República, com apoio financeiro, técnico e logístico do Ministério da Educação (MEC), do Centro Nacional Pesquisas (CNPq), da Financiadora de Estudos e Pesquisas (FINEP), da Fundação Nacional de Televisão Educativa (FUNTEVÊ), etc. e eu, como diretor da Faculdade de Educação da UNICAMP fui convidado a participar e aceitei. (Da UNICAMP participaram a Maria Cecília, já mencionada, a Afira Vianna Ripper (da Faculdade de Educação), e o Vilmar Evangelista Faria (do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, hoje falecido). Nesse encontro fiz algumas grandes amizades: o Professor Fernando José de Almeida (da Faculdade de Educação da PUC-SP), a Professora Léa da Cruz Fagundes (do Laboratório de Estudos Cognitivos da UFRGS), a professora Amélia Americano Franco Domingues de Castro (da Faculdade de Educação da USP, depois da Faculdade de Educação da UNICAMP), o professor Samuel Pfromm Neto (do Instituto de Psicologia da USP), o Professor Ivan Moura Campos (do Instituto de Computação da UFMG, da Sociedade Brasileira de Computação, e um pioneiro da área de Computação no Brasil — e um dos poucos que entendia de Computação nos Encontros), etc. Desses, que eu saiba, alguns já faleceram (Amélia, Samuel), com outros não tenho mais muito contato, com exceção do Ivan. 

Em 1981 algumas coisas me persuadiram que deveria ir mais a fundo na área de “computadores e equipamentos subsidiários” — eles não podiam ficar fora da minha vida. (A expressão entre aspas vem do nome da SUCESU – Sociedade de Usuários de Computadores e Equipamentos Subsidiários, uma sociedade que existia naquela época e nem sei se existe ainda). A UNICAMP, no final de 1981, começo de 1982, passou por uma terrível crise (ficou parada de Outubro de 1981 até Abril de 1982), eu e mais sete colegas diretores de unidades acadêmicas havíamos sido destituídos de nossos cargos de direção e, pelo andar da carruagem (a época era ainda de regime autoritário e Paulo Salim Maluf era Governador do Estado de São Paulo, que financia e controla a UNICAMP) não era inconcebível que a gente viesse a perder até o cargo de Professor da UNICAMP. Essas coisas ainda aconteciam. Diante desse quadro, perguntei-me o que eu faria de minha vida se perdesse meu emprego? Poderia arrumar outro, numa universidade particular ou “confessional”, de oposição, como a PUC-SP ou a PUC-Rio ou a PUC-Campinas. Mas além de ser professor universitário eu não sabia fazer mais nada. Resolvi, então, por sugestão de meu querido colega Maurício Prates de Campos Filho, também destituído como Diretor da Faculdade de Engenharia, que deveria me me entrar de cabeça na área de Informática. Fui à cidade, na People Computação, uma Escola de Informática criada em 1979, por Valter Balazina, matriculei-me num curso (de um ano!) de Introdução em Informática e Programação de Microcomputadores (linguagens BASIC e COBOL), e fiquei amigo do Valter e do José Antonio Ribeiro Neto, um matemático, nascido em Tupã, que era o braço direito do Valter. No início de 1982 fiz uma viagem aos Estados Unidos e comprei um Commodore 64. Nessa época comecei a trabalhar como assessor, na área Técnico-Pedagógica, da People, o Maurício Prates, o Paul Shepard, o Saul Gonçalves D’Ávila, todos colegas da UNICAMP, com a ajuda do José Eustáquio da Silveira Neto, Secretário Executivo da Fundação de Desenvolvimento da UNICAMP (FUNCAMP) criamos uma empresa de treinamento, Centro de Desenvolvimento Profissional e Tecnológico (CEDET), para da cursos em Campinas (a IBM foi a principal cliente).

Em 1983 criei na UNICAMP o Núcleo de Informática Aplicada à Educação (NIED), que vai fazer 40 anos o ano que vem, o NIED submeteu um projeto no Edital do MEC que caiu o Projeto EDUCOM, o NIED foi um dos cinco projetos aprovados (de 26 apresentados), e eu, além de Coordenador do NIED, fui também Coordenador do Projeto EDUCOM da UNICAMP de 1983 a 1986, quando fui para a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo, e depois para a Secretaria da Saúde do Estado de São Paulo, acompanhando o ex-Reitor da UNICAMP, Professor José Aristodemo Pinotti, de 1986 até 1990. Nas duas Secretarias fui Diretor do Centro de Informações e Informática. E fui nomeado pelo Governador Orestes Quércia, por dois mandatos de um ano, membro do primeiro Conselho Estadual de Informática (CONEI) do Estado de São Paulo, nos anos 1987-1988. Em 1990 voltei para a UNICAMP, e passei a dar aulas apenas no período noturno. 

Em 1986 criei um Grupo de Discussão sobre Informática na Educação, chamado INFED-L, nos computadores da UNICAMP (agora um VAX, da DEC), que foi implodido, com a melhor das intenções, pelo meu amigo, Professor Valdemar W. Setzer, professor da USP, e também um dos pioneiros da Computação no Brasil, mas que, sendo seguidor de uma filosofia chamada Antroposofia, criada por Rudolf Steiner, e um dos líderes da Escola Waldorf de São Paulo, era o grande crítico brasileiro do uso de computadores na educação, em especial com crianças abaixo de quinze anos. Não desisti e criei outro Grupo de Discussão, o EduTec.Net, em 28.10.1998, que durou até Nine Eleven. O terrorismo islâmico e o anti-americanismo da esquerda brasileira me levaram a fecha-lo, em Setembro de 2001, quando tinha mais de 1.500 participantes regulares. Na mesma época criei o site EduTec.Net, com apoio da subsidiária brasileira da Microsoft, de quem passei a ser consultor, na área da Educação, desde 1998. 

De lá para cá, nunca mais larguei a área de Informática Aplicada à Educação, tendo me enveredado também pela área de Informática em Saúde, por causa dos quatro anos que passei na Secretaria de Saúde do Estado. Fui Pesquisador do CNPq na Escola Paulista de Medicina, durante um tempo, a convite de meu amigo Prof. Dr. Daniel Sigulem, que me incentivou a entrar na Sociedade Brasileira de Informática em Saúde (SBIS) e até a ser o editor da Newsletter da SBIS…

Mas só vim a me meter com blogs em 2002. Naquele ano abri uma conta no Blogger, do Google, e criei quatro blogs:

  • Me, Myself and I: Aspectos de Mim Mesmo
  • Educação 
  • Libertas (Liberalismo)
  • Philosophy

Publiquei poucas coisas. Não estava engrenado ainda. 

Entrementes, troquei de time. A Consultoria que eu dava para a subsidiária da Microsoft no Brasil (a Microsoft Informática Ltda.) recebeu um upgrade em 2003. Por indicação de Márcia Teixeira, então Gerente Sênior de Informática na Educação da Microsoft brasileira, me tornei, em Março de 2003, membro do International Advisory Board da iniciativa global “Partners in Learning”, da Microsoft Corporation, de Redmond, WA, USA. Isso me tornou consultor também da Corp. Fui membro do International Advisory Board da iniciativa por dois mandatos seguidos de cinco anos, até 2013. 

Nessa condição, minha lealdade mudou para a Microsoft… 

Em Dezembro de 2004 estava numa reunião/treinamento, na região de Seattle, no Puget Sound Center for Teaching and Learning, com Les Foltos e Ana Teresa Ralston (que veio a substituir a Márcia Teixeira, quando esta foi promovida para os Estados Unidos). Durante a reunião Márcia Teixeira me enviou uma mensagem perguntando se eu havia visto o novo serviço de Blog da Microsoft, Windows Live Spaces. Era concorrente do Blogger. Eu não havia. Enquanto participava da reunião, entrei no site que a Márcia me havia indicado, e verifiquei o que deveria fazer para criar o meu Space. Em seguida, criei meu Space, Liberal Space (que existe até hoje, com 1.032 artigos, e coloquei nele a primeira mensagem, pequenina, apenas declarando-o aberto. Era o dia 2.12.2004.

Minha carreira como blogueiro desta vez engrenou. Tenho cerca de 50 blogs, hoje na plataforma WordPress, para a qual a Microsoft transferiu seus blogueiros em 2011. 

Mas ela começou em 2002, no Blogger. A conta no Blogger continua aberta, mas nunca mais a usei. 

Assim, comemoro, neste ano de 2022, Vinte Anos como Blogueiro. Ao todo, nos meus cerca de 50 blogs, tenho mais de 1.500 artigos publicados. O carro-chefe de meus blogs hoje é Chaves Space (https://chaves.space), no qual estou publicando este artigo. 

Em Salto, 27 de Janeiro de 2002.



Categories: Blogging

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: