Jubileu de Ouro do meu Doutorado

No dia 8.8.1972 eu defendi minha Tese de Doutorado na University of Pittsburgh (Graduate School of Arts and Sciences, Department of Philosophy). Meu diploma reconhece aquela data como a data oficial em que a universidade me concedeu o Ph.D.

Agradeço a Deus várias vezes. A “primeira principal”, por ter tido a chance de receber esse grau seis anos depois de ter sido expulso do Seminário Presbiteriano do Sul (SPS), em Campinas, aqui no Brasil, em Agosto de 1966. A “última principal”, por ter vivido até aqui, para ver e celebrar (humildemente, aqui em casa, com a Paloma Epprecht Machado Campos Chaves [que, se Deus quiser, em 20.9, fará jus ao mesmo título, pela Universidade de São Paulo], e com os amigos, no plano virtual), o Jubileu de Ouro desta data. Eu pretendia fazer uma pequena reunião com alguns amigos queridos, mas desisti. Esta celebração é mais do que suficiente.

Eu tinha meus objetivos e planos, em 1961, quando fui para o Instituto José Manuel da Conceição (JMC), em Jandira, SP, e sempre estudei e trabalhei com denodo, mas quem abriu todas as portas certamente não fui eu. Disso tenho certeza absoluta. Apesar de me chamar Chaves, minhas chaves não eram tão poderosas. Foi Deus que abriu todas portas, e fez isso por intermédio de várias pessoas cujos nomes eu quero aqui registrar, a partir de minha saída do Seminário de Campinas: 

1. Rev. JOSÉ BORGES DOS SANTOS JÚNIOR, pastor da Igreja Presbiteriana do Jardim das Oliveiras (o nome mais bonito de igreja que eu conheço), que não me deixou desistir, depois da expulsão do Seminário de Campinas, me acolheu na igreja dele quando eu estava desabrigado eclesiasticamente (porque minha igreja mãe, a Presbiteriana de Santo André [Primeira], da qual meu próprio pai era pastor, se negou a me autorizar a continuar meus estudos em outra denominação) e financiou um ano de meus estudos na instituição a seguir nomeada. 

2. Prof. Pr. Dr. RODOLFO WEINGÄRTNER, Diretor da Faculdade de Teologia (FT) da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil (IECLB), em São Leopoldo, RS, que, contra os protestos da Igreja Presbiteriana do Brasil (IPB), me acolheu lá, em um momento em que eu estava “desabrigado” academicamente, e me deu todo apoio e incentivo para continuar firme nos meus propósitos. 

3. Prof. Rev. Dr. GORDON EUGENE JACKSON, Deão do Pittsburgh Theological Seminary (PTS), de Pittsburgh, PA, que, ao saber que eu estava enfrentando dificuldades para continuar meus estudos, me ofereceu uma bolsa completa para fazer meu Mestrado em Teologia naquele seminário, com um limite de três anos, mesmo não tendo eu concluído meu Bacharelado em Teologia no Brasil, obtendo a autorização do Council of Education for the State of Pennsylvania para que eu, com a escolaridade que tinha, pudesse continuar meus estudos em nível de Pós-Graduação nos Estados Unidos, especificamente no Seminário, e, mais, fez com que o Seminário me concedesse um diploma de Bachelor of Divinity (B.D.) para que não restasse qualquer dúvida.

4. Rev. Dr. AHARON SAPSEZIAN, Diretor Executivo da Associação dos Seminários Teológicos Evangélicos (ASTE) do Brasil, que me obteve uma passagem de ida-e-volta para os Estados Unidos junto ao National Council of the Churches of Christ (NCCC) of the United States. 

5. Prof. Rev. Dr. DONALD G. MILLER, Presidente do Pittsburgh Theological Seminary, por ter me concedido, em nome da Congregação do Seminário, ao final do meu Mestrado (M.Div.), em 1970, uma bolsa completa para eu fazer meu Ph.D. na University of Pittsburgh, por ter tido a melhor média de todos alunos do Seminário no ano letivo de 1971-1972. 

6. Prof. Dr. WILLIAM WARREN BARTLEY III, meu Orientador de Doutorado no Department of Philosophy of the University of Pittsburgh, que não só me orientou de forma competente e não burocrática, em tempo record, no Ph.D., fazendo com que eu concluísse o curso em um pouco mais de dois anos, na data mencionada atrás, e, não contente com isso, me arrumou um emprego na California State University (CSU), Campus of East Bay, in Hayward, CA, a partir de 1972, e, ainda não contente com isso, peticionou ao Department of Labor dos Estados Unidos para que me desse uma autorização especial para que eu, cujo visto era de estudos, pudesse aceitar oferta de trabalho e trabalhar nos Estados Unidos, alterando meu visto, sem que eu precisasse sair do país e fazer quarentena em meu país original. 

Obtido o Ph.D., trabalhei na California por dois anos, mas queria voltar para o Brasil, pois não via meus pais, irmãos e demais parentes, há sete anos. Nesse processo, posterior à obtenção do meu Doutorado, duas pessoas foram essenciais: 

7. Meu primo, ANELLO SANVIDO FILHO, hoje morando no Canadá, mas que na época era estudante da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), que me informou que a UNICAMP precisava de um Professor de Filosofia da Educação, com Doutorado completo e, de preferência, com alguma experiência docente, e que fez a mediação inicial com a Faculdade de Educação. 

8. Meu querido amigo (desde 1964), Prof. Dr. ex-Rev RUBEM AZEVEDO ALVES, que já era professor na UNICAMP, desde 1972, que ajudou o processo chegar a bom termo dentro da burocracia da Universidade, e assim conseguiu que eu, a partir de 1 de Julho de 1974, pudesse dar continuidade à minha carreira acadêmica no Brasil (da qual me aposentei em 7 de Janeiro de 2007). 

Todos os oito mencionados, com a feliz exceção de meu querido primo Anello, já se foram. Mas agradeço a todos, mais uma vez. Todos eles, se não eram antes, tornaram-se, depois, amigos queridos, dos quais nunca me esquecerei. O Rev. Borges foi amigo desde que eu nasci, ou seja, desde sempre, pois era amigo do meu pai e da família da minha mãe, que era de Campinas, e foi ovelha dele; o Anello foi amigo desde que ele nasceu, em 13 de Novembro de 1947; e o Rubem se tornou amigo desde Julho de 1964, quando o conheci em em uma reunião em Curitiba, à qual eu acompanhava Dona Alzira Valim Ferreira, e que continuou amigo quando estávamos os dois estudando nos EUA, e, depois, quando nos reunimos, como colegas, na UNICAMP. 

Em Salto, n’O Canto da Coruja, em 8 de Agosto de 2022. 



Categories: Doutorado, Ph.D.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: