A Felicidade e o Céu como um Lugar aqui na Terra (para Vítor Chaves de Souza)

[Há uma versão revista e um pouco ampliada deste artigo em meu novo blog Eudaemonia Space, no endereço https://eudaemoniaspace.wordpress.com/2018/07/31/a-felicidade-e-o-ceu-como-um-lugar-aqui-na-terra/. EC, 31/07/2018.]

Recebi ontem a autobiografia de Martin E. P. Seligman, publicada em Abril deste ano (2018), que tem o título de The Hope Circuit e o sub-título de A Psychologist’s Journey from Helplessness to Optimism.

Seligman, que é um ano mais velho do que eu (nasceu em Agosto de 1942), recebe crédito por ter inventado a chamada “Psicologia Positiva”. Encheu-se de ver a Psicologia tradicional ocupar-se apenas de “Doenças Mentais” e pressupor que, eliminadas as doenças, a pessoa alcança “Saúde Mental”.

Assim, propôs-se a investigar o Bem-Estar individual, a Felicidade, a Realização, o Flourishing, a Eudaimonia como agenda para Psicologia (e também para a Educação e, fantástico, para a Religião.

Criou um critério para determinar o grau de bem-estar ou felicidade de uma pessoa, a que chamou de PERMA:

1 – Positivity in Emotions and Attitudes
2 – Engagement in Life Mission or Calling
3 – Rich Relationships
4 – Meaning in Life
5 – Accomplishments as Legacy

Alcança Saúde Mental quem tem um score elevado no PERMA — não quem simplesmente não tem (ou se livra de) Doenças Mentais como, por exemplo, esquizofrenia, depressão, pânico, ansiedade, etc. (ou mesmo está livre de todas as mais de 300 “desordens mentais” [!!!] listadas no Diagnostic and Statistical Manual da American Psychiatric Association) [p.168].

Leitura fantástica. Uma lição de vida.

Na religião, Seligman, que é judeu, propõe uma importante guinada: deixar o pecado para trás e enfatizar o potencial humano; abandonar a cruz e focar na ressurreição; deixar de lado a humildade excessiva, a flagelação e o quebrantamento e buscar a auto-realização, calcada em um projeto de vida que dá sentido e significado à vida e desemboca em realizações que sejam importantes contribuições para o próximo, para a sociedade, e para o futuro da humanidade neste mundo. (O céu, como diz meu sobrinho, também teólogo, e professor de Teologia na UMESP, Vitor Chaves de Souza, é um lugar aqui na Terra).

Amém.

Em São Paulo, 21 de Julho de 2018 (Dia do Aniversário de 37 anos do Vítor: post dedicado a ele)

Advertisements


Categories: Happiness

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: