Meus Seis Melhores Presidentes dos Estados Unidos

Em 1789, ganha a guerra da Independência, redigida, aprovada e referendada a Constituição do novo país, o grande general da vitória, George Washington, é escolhido o primeiro presidente dos Estados Unidos da América (EUA). De 1789 para cá, os EUA tiveram 46 Presidentes. A besta do Joe Biden é o de número 46.

Quatro presidentes foram assassinados enquanto no cargo (Abraham Lincoln, James Garfield, William McKinley, e John Kennedy — este em 1963) e outros quatro morreram de causas naturais, antes de terminar o mandato (William Harrison, Zachary Taylor, Warren Harding, e Franklin Roosevelt — este no início do seu quarto mandato consecutivo). Um presidente (Richard Nixon) renunciou (em 1974). Lembro-me, como se fosse hoje, do dia da morte de Kennedy (eu estava na praia, em Florianópolis, em viagem de formatura do Curso Clássico) e do dia da renúncia do Nixon (eu estava na minha casa, em Campinas, recém chegado dos EUA para vir trabalhar na UNICAMP, onde já estava trabalhando.

Por uma série de razões, que não vêm ao caso, estudei mais e conheço melhor a história dos Estados Unidos do que a do Brasil — em especial a história dos presidentes americanos. Por isso, aventuro-me a escolher, dentre todos eles, os que, na minha modesta opinião, foram SEIS MELHORES. São os seguintes:

1. Thomas Jefferson (1801-1808), o terceiro presidente, que cumpriu dois mandatos

2. Andrew Jackson (1829-1836), o sétimo presidente, que também cumpriu dois mandatos

3. Abraham Lincoln (1861-1865), o décimo sexto presidente, assassinado no início do seu segundo mandato

4. Theodore Roosevelt (1901-1908), o vigésimo sexto presidente, que cumpriu dois mantos, exatamente cem anos depois de Jefferson

5. Franklin D. Roosevelt (1933-1945), o trigésimo segundo presidente, que morreu no início do seu quarto mandato consecutivo

6. Ronald Reagan (1981-1988), o quadragésimo presidente, que cumpriu dois mandatos, 180 anos depois de Jefferson e oitenta anos depois de Theodore Roosevelt, e que sobreviveu a uma tentativa de assassinato (um tiro) durante seu primeiro mandato, voltando a exercer seu cargo trinta dias depois.

Os três primeiros desses seis governaram no século 19, os outros três, no século 20.

Faço breves comentários, a seguir, sobre cada um desses seis.

O primeiro do século 19, Thomas Jefferson, é aquele pelo qual tenho maior admiração. Era filósofo, redigiu a Declaração da Independência das Treze Colônias Britânicas na América, em 1776, foi o Primeiro Embaixador Plenipotenciário as Colônias Independentes na França, deu significativas contribuições à redação a Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão aprovada na Revolução Francesa, foi Secretário de Estado de George Washington, e, no cargo de Presidente, mais do que quadruplicou o tamanho dos EUA, comprando uma enorme gleba de terra da França (negociando com Napoleão Bonaparte), a chamada Louisianna Purchase, e criando a Expedição de Lewis & Clarke de conquista do Oeste, permitindo que aqueles territórios fossem incorporados ao da nova nação.

O terceiro do século 19, Abraham Lincoln, acabou com a Escravatura e impediu, através de uma sangrenta Guerra Civil, que o país se dividisse em dois, com o Sul escravagista se tornando uma país independente. Foi assassinado no Ford Theater, em Washington, logo no início do seu segundo mandato, depois de haver proclamado a emancipação dos escravos em todo o território nacional.

O primeiro do século 20, Theodore Roosevelt, foi, de certo modo, um aventureiro e um desbravador, e um personagem que os americanos chamam de “colorful”: cheio de diferentes cores. Entre seus grandes sucessos está a conclusão do Canal do Panamá. Ferdinand de Lesseps, o francês que havia construído o Canal de Suez, foi contratado pela Colômbia (o país Panamá ainda não existia como território independente). Acho que seria fácil. Não tinha a menor ideia do que era um clima tropical, quase em cima do Equador. Depois de vários anos, e da morte de milhares de trabalhadores, quebrou e desistiu. Theodore Roosevelt se ofereceu para assumir o contrato e concluir a obra (que estava mal iniciada, porque todo ano, com as chuvas, o trabalho voltava quase à estaca zero). A Colômbia disse que só aceitava se os termos do contrato fossem renegociados, e pediu um preço que Roosevelt achou absurdo. Como a região colombiana em que o canal estava sendo construída almejava se tornar independente, Roosevelt deu o sinal para os líderes do movimento de independência de que, se a região se proclamasse independente, os EUA imediatamente reconheceriam o novo país. E foi o que aconteceu. A nova nação cedeu os direitos da construção do canal aos EUA, em troca de os EUA administrarem o canal durante cem anos. O presidente Jimmy Carter dos EUA entregou o canal ao Panamá antes do prazo, durante o seu mandato (único) como presidente de 1977 a 1980.

O segundo presidente do século 20, Franklin Roosevelt, pegou o país na Depressão, introduziu o chamado New Deal, e isto lhe garantiu três reeleições para presidente (depois de ele morrer, os EUA limitaram a reeleição a uma). Foi o presidente dos Estados Unidos durante a Segunda Guerra Mundial, embora tenha morrido em 12 de Abril de 1945, um pouquinho antes de a guerra efetivamente terminar (mas quando já estava decidida). Até hoje os Estados Unidos, através de suas forças mais liberais (no sentido clássico, não no sentido americano) e conservadoras, tentam reverter os funestos efeitos do New Deal.

O terceiro do século 20, Ronald Reagan, acabou com a Guerra Fria e deu xeque mate na União Soviética, que veio a esfarelar no ano seguinte ao em que ele saiu da Presidência. “Mr. Gorbachev, Open this gate! Mr. Gorbachev, Tear down this wall!” disse ele, em frente ao Brandenburg Gate, na Muralha de Berlin, enquanto ainda Presidente, em 12.Junho de 1987. Foi ator de cinema, presidente do Sindicato dos Atores, e membro do Partido Democrata. Mudou para o Partido Republicano, foi eleito por dois mandatos Governador da California e, depois, aos setenta anos, foi eleito Presidente dos EUA, também por dois mandatos. Sua parceria com Margaret Thatcher, do Reino Unido, recebe crédito pelo renascimento do Liberalismo Clássico nos EUA.

Vide a lista de todos presidentes americanos até Donald Trump [não sei porque não acrescentaram ainda o nome do 46. Presidente: Jo Biden] em https://www.mapsofworld.com/usa/presidents/printable-list-of-us-presidents-with-pictures.pdf.

Em Salto, 19 de Agosto de 2022



Categories: America, Americanos, Americans, Estados Unidos, Presidência dos EUA, Presidentes dos EUA

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: